O design não se deve apenas ao acaso. 

Compreender o ciclo reprodutivo feminino pode desmistificar o início da gravidez e até facilitar a concepção. 

Essas dicas e truques para engravidar irão ajudá-la a entender melhor seu corpo, bem como a engravidar.

Escolha um estilo de vida saudável

Você já sabe como um estilo de vida saudável é importante para seu bem-estar geral, mas isso é especialmente importante se você estiver planejando ter um bebê.

Quando se trata de sua dieta, ajuda a mudar para uma dieta “amiga do bebê” específica, mas certifique-se de comer uma variedade de alimentos, incluindo frutas e vegetais frescos, quando possível.

É o que tem mais probabilidade de lhe dar os nutrientes de que você e seu feto precisam. Você também pode considerar a ingestão de ácido fólico como suplemento dietético, para que seu corpo não fique sem ele quando você engravidar.

Exercícios moderados, como caminhada rápida ou ciclismo, podem aumentar suas chances de engravidar. Se você está acima do peso, perder apenas 5% do seu peso corporal pode aumentar significativamente suas hipóteses de engravidar.

Acompanhe a sua ovulação

Uma das maneiras de aumentar suas chances de engravidar é monitorando sua ovulação. A ovulação é o processo pelo qual um óvulo é liberado de seus ovários.

De acordo com as opiniões médicas, geralmente é aconselhável fazer sexo pelo menos em dias alternados durante os 5 dias antes da ovulação, pois os espermatozoides têm uma vida útil máxima de 5 dias no sistema reprodutor feminino.

Isso aumenta as oportunidades de um espermatozoide estar pronto para fertilizar um óvulo logo após sua liberação.

Pare de contracepção

Se você tem um ciclo regular e está usando um método anticoncepcional de barreira, como preservativo ou diafragma, você só precisa parar de usá-lo para estar pronto para engravidar.

Pode demorar um pouco mais se você estiver usando pílulas anticoncepcionais, adesivos ou anéis.

Você não precisa esperar até o final do seu ciclo para parar de tomar a pílula.

Sua menstruação provavelmente virá alguns dias depois.

Algumas mulheres podem precisar de um mês antes do recomeço da ovulação, mas isso é perfeitamente normal.

Pode demorar mais tempo se você receber as injeções.

Após um ano, 85% das mulheres sexualmente ativas que tentam engravidar são bem-sucedidas.

Após interromper a contracepção, as oportunidades de engravidar no próximo mês são de cerca de 30%.

Leia também: Mam Caps Funciona?

Dicas para seu parceiro

A saúde do seu parceiro também pode afetar sua capacidade de engravidar.

O estresse pode afetar a fertilidade masculina, por isso é importante levar isso em consideração se seu parceiro tem uma carreira exigente ou tem outras fontes de estresse.

Talvez ele devesse pensar em rever seus compromissos profissionais, ajustar outros aspectos de seu estilo de vida ou mesmo pensar em novos métodos de controle do estresse.

Os especialistas médicos também recomendam a eliminação do consumo de álcool e tabaco, cujo impacto na fertilidade é comprovado.

O exercício regular e uma dieta saudável podem ajudar a manter ou atingir o peso ideal.

O excesso de peso também pode ter um efeito negativo na fertilidade masculina.

Uma dieta rica em zinco e selênio, proveniente de alimentos como carnes, frutos do mar, grãos e grãos, está associada a uma produção de esperma de maior qualidade.

Um resultado de teste negativo significa que você não está grávida?

Embora muitos testes atualmente disponíveis afirmem ser 99% precisos no primeiro dia da menstruação, a pesquisa mostra que a confiabilidade desses dispositivos ainda é incerta nos primeiros estágios da gravidez. 

Pode ser necessário testar novamente se você fizer isso muito cedo.

Quando consultar um médico?

Depois de interromper a contracepção, a maioria dos casais conceberá em um ano, 85% para ser mais preciso. 

Isso não significa que você não possa engravidar se, depois desse período, ainda não tiver concebido com sucesso. 

A maioria das mulheres nessa situação concebe e dá à luz bebês saudáveis.

Se você tiver dúvidas sobre sua fertilidade, converse com um profissional de saúde em quem você confia.