Subir

Palavras-chave: O que são e como usá-las para subir seu site nas posições do Google

Por |

Palavras-chave ou Keywords para os mais técnicos, são os principais termos ou palavras que determinam qual é o assunto de uma página na internet. Nesse artigo, por exemplo, poderíamos dizer que foram usados como palavras-chave principais os termos: palavras-chave, Google, seo.

Como proprietário de um site ou blog, você precisa que as palavras-chave nas suas páginas sejam relevantes para o que as pessoas estão procurando, desse jeito os usuários terão maior chance de encontrar seu conteúdo entre os resultados do Google e de outros mecanismos de pesquisa.

A escolha certa das palavras-chave pode ser um fator determinante para o sucesso de sua estratégia de SEO, pois é baseado nelas que o Google exibe os resultados. Quando você escreve, por exemplo “acessórios esportivos” em uma página de pesquisa do Google, é exibido os resultados que ele ache mais relevante para o termo buscado, e um fator primordial na hora dessa escolha são as palavras-chave encontradas nas páginas.

A importância das Palavras-Chave para os negócios

Por dia, mais de 3 bilhões de pesquisas são feitas no Google. São usuários com algum problema em busca de uma solução. Muitos desses estão procurando pela solução que a sua empresa oferece, mas simplesmente não lhe encontram nos resultados de pesquisa, ou pior, encontram seu concorrente.

O usuário que faz uma pesquisa na internet, quer encontrar exatamente o que procura. Se na sua estratégia de SEO, as palavras-chave escolhidas forem as certas para o seu negócio, já é um bom caminho andado para alcançar bons resultados.

Como funcionam as Palavras-Chave

A forma como o Google e demais mecanismos de busca tratam as Palavras-Chave mudou muito com o tempo. Antigamente, você só precisava inserir uma linha de código no HTML do seu site informando aos buscadores, quais eram as palavras-chave da página, essas linhas de código eram chamadas Meta Keywords, ainda existem, mas o Google já não dá importância para elas.

Hoje em dia, o Google simplesmente rastreia seu site e, de acordo com o conteúdo encontrado, define do que se trata e indexa as páginas nas pesquisas pelos termos relevantes.

Mas não se engane, não basta sair jogando os termos das palavras-chave mais de 40 vezes no meio do artigo. O Google evoluiu o suficiente para conseguir entender se o conteúdo em uma página é ou não é relevante, bem feito e útil para os usuários. Por isso, além de usar bem as palavras-chave, é indispensável que o texto seja bem elaborado. Não que seja estritamente necessário a contratação de um redator profissional para redigir todos os textos. Não, você mesmo pode gerar seu conteúdo, mas faça com capricho, atenção e carinho.

Escolhendo os termos

Após identificar as principais dores de seu público-alvo, (algo que não deve ser difícil, pois as necessidades deles vão de encontro com a solução que sua empresa oferece) você já pode listar as palavras-chave para suas postagens.

Todo conteúdo do seu site deve ser gerado visando seu público-alvo, por isso, é importante conhecê-lo para saber como eles procuram sua solução na internet e escolher bem as palavras-chave para cada artigo e página que for criada.

Inserindo na página

No artigo sobre o produto, a empresa deve se certificar de que os termos escolhidos como  palavras chave estarão posicionadas em lugares estratégicos: Como no título, subtítulos e, com moderação, nos parágrafos. Além disso, usar sinônimos e variações também é uma tática muito bem vinda, mas tenha muito cuidado com os exageros. Repetir muito os mesmos termos no texto pode trazer efeito contrário. Não force as palavras-chave dentro do conteúdo, o Google percebe esse tipo de tática e pode tirar pontos do seu site na hora de posicioná-lo nas pesquisas.

Os resultados de boas palavras-chave escolhidas, assim como tudo relacionado a SEO e marketing de conteúdo, devem ser aguardados no médio e longo prazo. Mas é uma estratégia que, se bem executada, trará resultados cada vez mais expressivos e com custos cada vez menores, pois a cada dia, você terá mais páginas indexadas no Google e mais acessos orgânicos se convertendo em vendas, junto com isso, a necessidade de investir em anúncios pagos cada vez menor.

Comentários