Subir

Como Fazer Marketing Digital Sem Ter um Site? 3 Estratégias Eficientes

Por |

O site é uma ferramenta importante para uma boa estratégia de marketing digital, é através dele que você pode falar com mais liberdade sobre sua empresa e produto, trabalhar o marketing de conteúdo para sua marca com total liberdade, estruturar seu funil de vendas, converter leads em clientes e ser bem posicionado no Google.

Tudo que foi dito acima é possível através das mídias sociais, mas não com a eficiência de um site, por isso é importante saber que trabalhar com marketing digital sem site é bem possível, mas não é o indicado e pode comprometer seriamente seus resultados.

Se seu problema é falta de verba, saiba que é possível criar um site de graça para sua empresa, mas se suas ações serão mesmo sem um site, aposte nessas 3 estratégias.

1 – Forte presença nas mídias sociais

Diferente do blog ou site, nas redes sociais, principalmente no facebook e instagram, os usuários não estão pesquisando por alguma solução ou buscando aprender algo, eles estão se entretendo, por isso, seu foco não deve ser diretamente a venda, mas engajamento.

O melhor conteúdo para postagens em redes sociais são artigos, dicas, curiosidades, divulgação de e-books ou infográficos e outros materiais que sejam interessantes para seu público. Se seu produto tiver um forte apelo visual, você também pode apostar em fotos, não há necessidade de dizer que as fotos precisam ser de alta qualidade, né? 🙂

Sobre a frequência das postagens, o ideal é não passar muito tempo sem gerar conteúdo, pois sua marca pode acabar ficando esquecida e perdendo relevância na rede, mas também não exagere na quantidade, isso pode irritar seus seguidores.

Manter a empresa ativa em algumas redes sociais, como facebook, instagram e linkedin é uma ótima maneira de fazer sua marca mais conhecida, mesmo sem um site.

2 – Blog

Mesmo abrindo mão de um site, você pode (e deve) ter um blog , ele é uma ferramenta muito mais simples de se construir e ao mesmo tempo importante para que você trabalhe o marketing de conteúdo da sua marca.

Geralmente se desenvolve um site e o integra com o blog, sendo os dois um só (Blog dentro do site da empresa). Mas também é possível criar apenas um de cada e gratuitamente.

A grande diferença entre eles é que o site é feito para falar sobre a empresa e seus produtos ou serviços, já o blog tem a função de gerar conteúdo relevante para o mercado, atraindo sua audiência com artigos que sejam do interesse dela.

Todo artigo ou qualquer outro conteúdo gerado em seu blog se torna um ativo permanente, ou seja, mesmo depois de publicados continuarão gerando valor para sua empresa, atraindo mais leitores e fazendo da sua marca uma autoridade no mercado.

3 – E-mail marketing

E-mail é a maneira mais fácil de se manter conectado com sua audiência. Além de ser muito mais eficaz para se obter novos clientes que as redes sociais, seus resultados podem ser facilmente medidos e são conhecidos por revelar altos retornos sobre investimentos.

O conteúdo de seus e-mails podem incluir avisos sobre novos artigos no blog, cupons de desconto, promoções e qualquer outra coisa que seja interessante para sua audiência.

Para criar sua lista, você pode inserir um campo para newsletter em seu blog ou criar um material para download, como e-book e disponibilizá-lo em uma landing page em troca do e-mail de quem baixar o conteúdo.

Lembre-se que sua lista deve conter apenas contatos que desejam estar lá, jamais insira endereços de e-mail aleatórios e muito menos compre listas de contatos pela internet, isso é considerado SPAN, e além de denegrir sua marca, é crime.

Sem um site, os resultados serão menores?

Não necessariamente, até porque, muitas empresas constroem os seus sites e, por falta de planejamento estratégico, também não alcançam resultado nenhum com ele, mas em um plano de marketing digital bem elaborado, o site pode fazer toda a diferença, ainda que não seja obrigatório.

Comentários