Subir

7 Dicas de SEO para melhorar a posição de seu site nas pesquisas do Google

Por |

SEO é a sigla para (Search Engine Optimization), em português: Otimização para Mecanismos de Pesquisa. Se trata de um conjunto de técnicas que busca melhorar o posicionamento de um site nas pesquisas feitas em mecanismos, como Google e Bing.

Ter uma boa visibilidade nas buscas do Google, por exemplo, pode aumentar muito a quantidade de acessos orgânicos em seu site, além de fortalecer a imagem da sua marca e aumentar as oportunidades de negócio.

Não estamos falando aqui de links patrocinados, e sim das páginas de seu site alcançando as melhores posições no Google, aumentando seu tráfego sem você ter que gastar um centavo para isso.

Se você é iniciante e não entende muito sobre SEO, preste atenção nessas dicas, elas serão muito úteis para melhorar o posicionamento de seu site no Google e, consequentemente, aumentar seu tráfego orgânico. Vamos lá!

1 – Crie e envie o sitemap do seu site para o Google Search Console

Sitemap é uma lista com todas as URLs do seu site, ele tem a função de tornar a indexação do Google bem mais rápida e eficiente.

Ao cadastrar seu site no Google Search Console e enviar o sitemap, além de ajudar o mecanismo a entender melhor sobre seu site, você também apresenta suas páginas diretamente para o Google, sem precisar aguardar que ele às encontre e indexe por sí só.

É como se você batesse na porta do Google e dissesse “Ei, Google! Aqui está meu site”

Se seu site for em WordPress, há vários plugins que podem ser usados para criar seu sitemap de forma bem simples, como o Google XML Sitemaps ou o próprio All in One SEO, já bem popular entre webmasters e profissionais de marketing digital. Para sites não criados em WordPress, existe a ferramenta online XML-Sitemaps.

Após criar seu sitemap, você precisa informar ao Google. Para isso, basta cadastrar seu site no Google Search Console e procurar a opção “sitemap”, no menu lateral.

2 – Cadastre sua empresa no Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é uma plataforma do Google criada para que empreendedores divulguem seus negócios gratuitamente nos resultados de pesquisa.

Se sua empresa estiver cadastrada no Google Meu Negócio, ao ser procurada no Google, será exibido também sua localização no Google Maps e outros dados sobre a empresa, como dados para contato, descrição da empresa e comentários.

Pesquisa no Google por: Lugar Web
Resultado de uma pesquisa no Google por: Lugar Web

Para cadastrar sua empresa, basta acessar o Google Meu Negócio, cadastrá-la e realizar a verificação, que é feita a partir de um código que o próprio Google envia pelos correios.

3 – Gere conteúdo de qualidade

Pesquisas revelam que empresas que geram conteúdo de qualidade periodicamente conquistam em média 2 vezes mais visitas e 3 vezes mais oportunidades de negócio.

Faça com que o seu público tenha um interesse permanente em acessar o seu blog para ficar por dentro das novidades. Publique coisas novas, tendências do mercado, dicas, manuais e todo tipo de conteúdo útil para os seus clientes.

Se o conteúdo de seu site não for relevante para o visitante, ele sairá e provavelmente, nunca mais voltará a visitá-lo.

Não importa o seguimento em que sua marca atua, você precisa de um espaço para oferecer conteúdo de relevância e interesse do seu público-alvo, um blog da empresa é ideal para isso.

4 – Tenha uma versão mobile do seu site

Segundo o próprio Google: a maioria das pesquisas no mecanismo de busca atualmente já são feitas a partir de smartphones. Não ter um site responsivo, com versões para todos os tamanhos de tela fará com que seu site descarte uma grande fatia dos usuários existentes na rede.

Cá entre nós: Uma das piores coisas ao navegar é acessar um site a partir de nosso smartphone e a página não se adequar ao tamanho da tela. Temos que ficar dando e tirando zoom, a experiência é horrenda. Se isso acontecer em seu site, é bem provável que o usuário entre e saia na mesma hora, aumentando sua taxa de rejeição.

O Google também tem dado preferência em seus resultados de busca para sites responsivos, ou seja, seu algorítimo rastreia sites que possuem versões para dispositivos móveis e lhes dá mais relevância, facilitando para que sejam melhor posicionados nas pesquisas.

5 – Tenha URLs amigáveis

URL nada mais é que o endereço da página, no caso, costuma ser “seudominio.com.br/titulo-da-postagem”, isso seria uma URL amigável, agora, imagina se fosse “seudominio.com.br/2456-2018”.

Qual das duas você acha que é mais fácil de ser compreendida pelo usuário, ou mesmo indexada pelo Google? Com certeza a “titulo-da-postagem”. Geralmente, os sites já vêm configurados para isso, principalmente se ele tiver sido desenvolvido em WordPress. Caso você não saiba como modificar isso no seu site, chame seu desenvolvedor ou contrate uma agência, esse é um serviço bem rápido.

6 – Atenção no título e descrição (title e meta description)

O título (title) de uma página é um dos fatores que mais influencia seu posicionamento no Google. Crie títulos objetivos, honestos e concisos.

Já a descrição (meta description) é o texto que fica abaixo do título do site nos resultados de busca, não afeta o rankeamento das suas páginas, mas pode ser um fator decisivo na hora do usuário decidir se vai clicar ou não no resultado e entrar no seu site.

Se seu site for em WordPress, você pode usar o plugin All in One SEO Pack para configurar todos os títulos e descrições nas suas páginas de forma muito simples. Caso contrário, entre em contato com seu desenvolvedor ou uma agência para isso.

Exemplo de título (title) e descrição (meta description) da página inicial da Agência Lugar Web sendo exibidos nos resultados de pesquisa do Google

7 – Posicione bem as palavras-chave

Palavras-chave são os termos escolhidos estrategicamente para serem usados no texto que será produzido, assim, elas estarão posicionadas estrategicamente dentro do conteúdo, por exemplo: neste artigo, as palavras-chave utilizadas foram: seo, tráfego, google. Se você procurar, verá que os termos escolhidos como palavras-chave estão bem posicionados e espalhados pela página.

Os melhores lugares para posicionar suas palavas-chave são: Título Principal, subtítulos, primeiro e último parágrafo do artigo.

As palavras-chave são um dos principais fatores para que o Google entenda do que se trata suas páginas e posicione bem elas nas pesquisas relacionadas ao seu conteúdo.

Por isso, jamais às subestime, planeje bem quais serão as palavras-chave em cada página e artigo que for criado.

Porque investir em SEO

A quantidade de conteúdo gerado por dia atualmente é gigantesca, quando falamos em conteúdo, nos referimos a artigos em blogs, páginas de sites, notícias em portais e tudo que é compartilhado em mídias sociais. Tudo isso é conteúdo que você e milhões de pessoas estão consumindo.

O Google e demais mecanismos de busca estão em constante mudança, logo, SEO é um assunto que ninguém pode dizer que domina por completo.

Por outro lado, seguindo essas 7 dicas que deixamos aqui, você já pode dar uma boa otimizada nas páginas de seu site e nos artigos do seu blog, se destacando da concorrência e atingindo com mais assertividade seu público-alvo.

Comentários